CAURN é uma das operadoras selecionadas para o Projeto Cuidado Integral à Saúde da ANS

15 de outubro de 2020

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), divulgou nesta quarta-feira (14) a lista das operadoras selecionadas para o Projeto Cuidado Integral à Saúde. A Iniciativa faz parte do Programa de Certificação de Boas Práticas em Atenção à Saúde (PCBP) e é uma fase preparatória para a solicitação da certificação em Atenção Primária à Saúde (APS).

Kenio Lima, Milena Maia, Eliana Santos e Edilson Tavares comemoram a participação da CAURN no projeto

O projeto terá duração de 36 meses e tem o objetivo de acompanhar e consolidar as experiências de operadoras que estejam implementando ou já implementaram um modelo de Atenção Primária à Saúde. Ao todo, 47 instituições se inscreveram para participar, sendo selecionadas 19 operadoras e uma entidade representativa de operadoras. A CAURN foi uma das quatro operadoras de saúde da região nordeste.

Confira a lista das operadoras selecionadas:

O Programa de Certificação em Atenção Primária à Saúde (APS) propõe um modelo inovador para a reorganização da porta de entrada na saúde suplementar com base em cuidados primários em saúde. A proposta é estimular a qualificação, o fortalecimento e a reorganização da atenção primária, por onde os pacientes devem ingressar preferencialmente no sistema de saúde. O programa prevê a concessão de um certificado às operadoras de planos de saúde que cumprirem requisitos pré-estabelecidos nessa estratégia.

As operadoras participantes do Projeto Cuidado Integral à Saúde farão jus a uma pontuação bônus na Dimensão de Qualidade em Atenção à Saúde – IDQS do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar – IDSS, conforme estabelecido na Ficha Técnica com a descrição detalhada do indicador Participação em Projetos de Indução da Qualidade da ANS, disponível no Portal da ANS.

Clique aqui e conheça mais sobre o projeto: http://www.ans.gov.br/images/stories/Materiais_para_pesquisa/Materiais_por_assunto/edital_projeto_de_aps_versao_atualizada.pdf

Atendimento via
Whatsapp