Especialistas esclarecem sobre segurança das vacinas e ressaltam necessidade de distanciamento social

18 de dezembro de 2020

A CAURN promoveu na noite desta quinta-feira (17) mais uma live, transmitida pela sua página no Youtube. No encontro foram discutidos vários pontos relacionados as vacinas, além de outras medidas preventivas. O público aproveitou a oportunidade para tirar as dúvidas e tentar entender o pouco sobre como se dará a vacinação no Brasil.

Para a professora Janeusa Trindade, titular do departamento de Microbiologia e Parasitologia da UFRN, a CORONAVAC é que está mais à frente no processo de registro e início de utilização.

“No meu entendimento, a CORONAVAC será a primeira vacina a ser utilizada pela população brasileira, pelo andamento da papelada junto a ANVISA. Temos 42 milhões de doses para ser disponibilizada para vacinar 21 milhões de pessoas, quantidade que dá para vacinar esse primeiro grupo, que envolve os profissionais de saúde. Os próximos dias serão determinantes”, explicou.

No encontro virtual também foram discutidos o aumento do número de casos nas últimas semanas. Para o médico infectologista Dr. André Prudente, apesar da expectativa pela chegada da vacina, o Brasil está entrando em período do ano que poderá trazer sérias consequências para os próximos meses.

“Estamos nos aproximando de um período onde nossa sociedade tende a se aglomerar. Não são as grandes aglomerações, com mais de 10 mil pessoal, são aquelas em espaços fechados, nas nossas casas, com nossos parentes. Isso faz com que a gente se preocupe bastante já que os casos vem aumentando em todo país. Passamos de mim óbitos em um único dia em todo Brasil e, justamente, nesse período de ascensão vem as confraternizações onde é muito difícil o convencimento da população onde confraternizar com seu primo, seu irmão, com seu tio é muito arriscado nesse momento”, enfatizou.

Na live os participantes, que foram mediados pelo professor Kenio Lima, também explicaram sobre a segurança das vacinas, o processo de regularização e plano de vacinação, além de ressaltar a importância de seguir as medidas preventivas.

Cliquei abaixo e reveja nossa Live:

 

Atendimento via
Whatsapp